Em entrevista à colunista Patrícia Kogut, do jornal "O Globo", a empresária carioca Fernanda Girão falou sobre o motivo que a levou a desistir de participar do "Big Brother Brasil 12". Ela deixou o hotel no último sábado (7).
Fernanda Girão (à dir.) estava na torcida da cantora Nise Palhares, finalista do reality 'Ídolos' (2010) (Foto: Divulgação/Record)Fernanda Girão (à dir.) estava na torcida da cantora Nise Palhares, finalista do reality 'Ídolos' (2010) (Foto: Divulgação/Record)
Fernanda revelou que soube dentro do hotel que estava sendo chamada de "lésbica", e por isso resolveu sair para preservar a família: "Vazou para mim tudo o que estava acontecendo aqui fora. Quando soube que estava sendo chamada de lésbica e cachaceira, quis sair na mesma hora. Tenho pai, mãe, uma avó de quase 90 anos. E um emprego para preservar".

A empresária negou as informações de que teria desistido do "BBB 12" pois precisava de remédio para dormir e foi proibida de usar o telefone. "Imagina, isso não existe! Eu estava ótima, lendo, tranquila, até saber de tudo o que aconteceu", disse.

Após deixar o hotel no Rio, a carioca Fernanda decidiu sair da cidade para espairecer a cabeça, porém não revelou seu paradeiro.

Ela trabalha com design e venda de joias e não quer se expor mais sobre o caso: "Eu lido com pessoas de alto nível. Quero esperar a poeira baixar e retomar a minha vida. Sou trabalhadora, guerreira e tenho parentes que dependem de mim".

Por fim, Fernanda ainda negou que seja lésbica. Ela revelou que estava namorado um homem quando foi selecionada para o "Big Brother Brasil" e terminou o relacionamento para entrar na casa.

Fabiana Teixeira foi escolhida como substituta de Fernanda Girão. Paulista de Ribeirão Preto, Fabaina é casada com o cantor Roby, da dupla sertaneja "Roby e Róger", com 35 anos, ela apresenta-se no Facebook como jornalista, modelo e apresentadora. É mãe de Igor, de 7 anos, de seu casamento com Roby.

Veja fotos da nova integrante do BBB 12, que diz ser bissexual