João Mauricio foi eliminado no quinto Paredão do BBB12. O pecuarista deixou a competição com 52% dos votos. Em entrevista, logo após a eliminação, João Mauricio explica bem do seu jeito, nos mínimos detalhes, a sua relação tempestuosa com o xará João Carvalho no confinamento.

O goiano admite que não teve muita afinidade com o mineiro e isso fez com que eles se afastassem naturalmente. "Acho que ele sentiu que eu deixei transparecer que não tinha afinidade com ele. Mas sempre fui muito educado", opina.

As sisters Renata e Monique, em conversa, acusaram o pecuarista de ser homofóbico e discriminar o mineiro. "Eu não o discriminei em hora nenhuma. Não sou homofóbico. Ele tinha que justificar de alguma forma para votar em mim. Ele achou essa forma", defende-se. "Eu sempre disse que os gays são as melhores pessoas para serem amigas desde que respeitem e entendam que o que rola é só amizade", emenda o ex-brother.

Ainda sobre o gay João Carvalho, o goiano conta por que votou no mineiro e o criticou de não ter palavra. (João Carvalho prometeu não votar no pecuarista, mas, na hora da votação, não cumpriu a promessa). "Em nenhuma hora eu falei que não votaria nele, mas ele sim", justifica. Sobre os brothers da Selva, João Mauricio acredita que Yuri e Rafa são bem parecidos no sentido de articular o jogo.