Por Neto Lucon

Cenas do documentário 'Eu vos Declaro...' (Foto: Reprodução)Cenas do documentário 'Eu vos Declaro...'
(Foto: Reprodução)
“Os homens e mulheres de maior idade, sem qualquer distinção de raça, nacionalidade ou religião, tem o direito de contrair matrimônio e fundar uma família”. Foi com base na declaração universal dos direitos humanos que o jornalista Alberto Pereira Jr. dirigiu o documentário "Eu vos Declaro..." (Lourival Filmes), que traz histórias de quatro casais do mundo LGBT.

O filme, que conta com o apoio do Governo do Estado de São Paulo e da Secretaria da Cultura – Programa de Ação Cultural, apresenta de maneira sensível e delicada o cotidiano, lutas e reflexões dos casais Adriana e Munira (unidas há 4 anos), Luís e Nilton (há 13 anos), Marco e Will (5 anos), e de Léo, transhomem que foi casado com uma travesti.

É um mergulho profundo nos relacionamentos duradouros homoafeativos, que apesar de ainda sofrerem estigmas e preconceitos, não são nada diferentes dos relacionamentos héteros na vida prática. Isso é retratado nas cenas em que o casal de lésbicas cuidam dos filhos, nos desencontros e incertezas dos primeiros contatos, no sonho de se casar em uma igreja e... Na realização de ser mãe.

Destas famílias, o casal formado por mulheres relembra a peleja de Adriana Maciel para vivenciar o sonho da maternidade. Infértil, ela recebeu os óvulos da parceira Munira Khalil em seu útero, que foi fecundado com o auxílio de um doador anônimo de banco de esperma.

Após o nascimento das crianças – os gêmeos Eduardo e Ana Luiza, de 1 ano e 9 meses – outra luta surgiu na vida do casal: registrar os filhos nos nomes das duas mães. Durante a longa batalha judicial - que elas contam com detalhes na produção - o casal fala sobre valores da família, a união e o respeito, e vence a ação.

O documentário termina com o casamento comunitário de Luís e Nilton, que se preparam para subir ao altar em uma igreja inclusiva, depois de morarem juntos por mais de 10 anos. A realização dos dois e o friozinho na barriga de Nilton na resposta de Luís emocionam e humanizam.

'Vos declaro' retrata famílias unidas e apaixonadas que existiam antes mesmo do TSF reconhecer a união estável homoafetiva em maio de 2011. Afinal, de acordo com Alberto, o idealizador do projeto, “família é uma questão de amor”.

Veja o trailer