De acordo com o site "TMZ", o homem alega que o ator tentou fazer sexo com ele durante uma sessão de massagem.

Do Gay1 Entretenimento
John Travolta (Foto: Divulgação)John Travolta (Foto: Divulgação)
John Travolta está sendo acusado por um massagista de tentar fazer sexo com ele durante uma sessão de massagem. De acordo com informações do site "TMZ", o ator contratou o homem por meio de um anúncio de Internet, onde ele dizia atender por 200 dólares a hora.

O massagista, que não quis ser identificado, diz que não sabia se tratar de Travolta até encontrá-lo, mas concordou em entrar no carro do ator e se dirigir ao Hotel Beverly Hills, onde ele possui um bangalô.

Segundo o profissional, Travolta se despiu para a massagem e estava com o pênis semi ereto, mas durante a primeira hora de atendimento tudo correu bem. Até que o ator começou a mexer nas pernas e tocar as partes íntimas do rapaz.

Ainda de acordo com a publicação, o massagista disse para Travolta que não tinha relações sexuais com seus clientes, mas o ator não parou e se ofereceu para fazer massagem nele e masturbá-lo.

O processo ainda afirma que Travolta começou a se tocar na frente do massagista e disse que "só chegou ao estrelato porque realizou favores sexuais quando ainda atuava na série "Welcome Back, Kotter", na década de 70. O ator ainda completou afirmando que "Hollywood é dominada por homossexuais judeus que ajudam as pessoas em troca de favores sexuais".

O massagista finaliza seu depoimento alegando que não aceitou a proposta de Travolta, que imediatamente lhe chamou de "perdedor". Segundo o "TMZ", ele pede 2 milhões de dólares além de indenização por danos morais.

Procurado, o representante de Travolta diz que as acusações são falsas e que no dia em que o massagista alega que aconteceu o assédio, o ator estava há três quilômetros do local onde o incidente supostamente ocorreu. "Esta história é uma completa ficção e foi fabricada", completou.

Em 2010, Robert Randolph escreveu uma biografia não autorizada de Travolta e alegou que o ator era gay. “Ele trai a mulher há anos. Quando os detalhes forem revelados, este escândalo vai fazer Tiger Woods parecer um santo”, disse o autor em entrevista à "The National Enquirer" na época. Em 2008, uma foto do ator beijando outro homem em seu jato particular também caiu nos tabloides do mundo inteiro.